Breve Reflexão em Tiago 2:5

Nesta semana um dos textos que me chamou atenção foi TIAGO 2:5 que diz: ”Escutem, meus amados irmãos. Por acaso Deus não escolheu os que para o mundo são pobres para serem ricos em fé e herdeiros do Reino que ele prometeu aos que o amam?”. Mas o que este texto quer realmente dizer?

Meus queridos irmãos, podemos ver no verso 1º deste capitulo, o inicio de uma advertência “Meus irmãos, vocês não podem ter fé em nosso Senhor Jesus Cristo, o Senhor da glória, e ao mesmo tempo tratar as pessoas com parcialidade.Como os crentes poderiam ter fé em Cristo e fazer acepção de pessoas? Sabe meu querido irmão, a todo o momento, mesmo que inconsciente estamos julgando alguém, algo ou situação, e não digo que julgar é errado, mas dependendo do modo que julgamos, sim, corremos um sério risco de julgar da maneira incorreta. Tiago vai nos dar um exemplo pratico no verso 2º até o verso 4º, “Porque, se entrar na sinagoga de vocês um homem com anéis de ouro nos dedos, vestindo roupa luxuosa, e entrar também um pobre muito malvestido, e vocês derem um tratamento especial ao que está vestido com a roupa luxuosa, dizendo: “Você, sente-se aqui no lugar de honra”, e disserem ao pobre: “Você, fique em pé” ou “Sente-se ali, abaixo do estrado dos meus pés”, será que vocês não estarão fazendo distinção entre vocês mesmos e julgando as pessoas com critérios errados? Primeiramente neste trecho que é chamado de sinagoga, não é a sinagoga judia, mas sim o local onde os cristãos se reuniam para orar, compartilhar o evangelho e partir o pão (realizar a ceia), talvez poderia ser um local onde reuniam Judeus messiânicos, Judeus que converteram ao Cristianismo,  neste momento Tiago relata um possível caso iniciando a frase com “Porque, se” ao entrar uma pessoa rica e uma pobre, as atenções fossem dadas aquele que demonstrava ter mais bens, mais bem vertido, aqui cabe uma observação, na época não era comum o uso de anel, e somente possuía um quem realmente possuísse uma abundancia em riqueza, ou fosse um Senador Romano, e era nítido a diferença entre um rico e um pobre quando se observava as roupas que vestiam.

Continuando o texto, ao convidar o rico para sentar em lugares privilegiados e colocar o pobre em pé ou assentado aos pés do rico, era um grande erro, um despreso, considerado um julgamento errado. Desde o inicio, no período de Moises, na lei de Deus, o Senhor orienta que tanto o rico quanto o pobre deve ter um julgamento justo, sem favorecimento, pois Deus é o justo Juiz e seu Povo deve segui-lo em tudo, em Levítico 19:15 diz “Não seja injusto ao julgar uma causa, nem favorecendo o pobre, nem agradando o rico; julgue o seu próximo com justiça.” Imagine um Cristão, Servo do Deus Vivo, cometer tamanha falta com seu próximo, julgando injustamente aquele que é desprovido de bens materiais, algo inimaginável.

Para finalizar a pequena reflexão de hoje, o verso 5º faz um chamado para prestar atenção ao desfecho, Tiago diz: “Escutem”, neste momento devemos parar e observar, ele tem uma observação muito importante a falar, e esta destinada a um publico em especial, a igreja de Cristo, “meus amados irmãos”, ele não esta falando para a sociedade em geral, ele não esta falando aos governantes e nem as entidades filantrópicas, ele esta falando com aqueles que se reúnem como igreja de Cristo, seja Judeus messiânicos, seja gentil convertido ao evangelho, ele fala para mim, ele fala com você que é crente. “Por acaso Deus não escolheu os que para o mundo são pobres para serem ricos em fé e herdeiros do Reino que ele prometeu aos que o amam?”. O Senhor Criador do Universo, optou em escolher os pobres, mas somente os pobres? Claro que não, também escolheu os ricos. Então Ele escolheu todo mundo? Não, Ele não escolheu todo mundo, mas, Ele escolheu entre os pobres e os ricos aqueles que seriam Seus filhos adotivos mediante o sacrifício de Seu Filho Jesus na Cruz, para serem ricos em fé e herdeiros do Seu Reino, e existe no mundo maior riqueza do que esta? Claro que não. Se Deus não fez acepção de pessoas para elegê-las a salvação, dando de graça e pela graça esta tão grande benção ao homem pecador, quem somos nós para fazer diferença e julgamentos desprovidos de amor no meio da igreja e daqueles que estão ao nosso redor? Deus amou o pobre, e nós também devemos amar, pois diante do trono de Deus nenhum de nós é digno de estar, todos merecíamos a condenação eterna, mas “Deus nos amou primeiro” (1 João 4:19), e por isso o amamos, pois sem seu amor por nós, nunca conseguiríamos amar a Deus. A mesma promessa que o Senhor nos apresentou um dia, também apresentou aquele seu irmão mais humilde da congregação dos Santos. Fomos selados pelo Espirito Santo, e andamos em santidade, crescendo a semelhança de Cristo, e a cada dia sendo mais parecido com Ele (Jesus), até o dia que estaremos com Ele na eternidade, juntamente com todos aqueles que foram comprados pelo Seu sangue, sangue este, vertido na Cruz do Calvário.

Podemos aprender algumas lições:

  1. O preconceito é incompatível com a fé em nosso Senhor Jesus Cristo, que é o Senhor da Glória, e sua pratica era contrária a isso.
  2. O preconceito é incoerente com o caráter de Deus, e a sua salvação nos mostra isso, pois mesmo nós não merecendo, Ele nos amou primeiro, nos elegeu e nos salvou, por sua própria vontade.
  3. Em nossas igrejas, seja rico ou pobre, todos devem servir uns aos outros, e aquele que tem mais recursos e dons, pode servir seu irmão de maneira mais intensa.

Deus abençoe todos nós!

Rafael Leal

Coram Deo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close